Notícia
FARMÁCIA
Garantindo estoque, Farmácia da Santa Casa recebe R$ 480 mil da Junta Interventora
14/05/2019

Fonte: Diario Corumbaense

Com estoque garantido para os próximos 30 dias, a Junta Interventora da Associação Beneficente de Corumbá destinou R$ 480 mil para a compra de medicamentos e materiais de consumo da Farmácia do Hospital. O montante segue a Curva ABC, método de categorização de estoques que determina os produtos mais importantes para a Santa Casa.

 

Para o diretor-chefe da Farmácia da ABC, Álisson Morais Cordeiro, a atual Junta Interventora tem consciência da importância de manter em estoque materiais e medicamentos padronizados, fator indispensável para cumprir as diretrizes pré-estabelecidas pelo Sistema Único de Saúde- SUS. “Posso afirmar que com a nova rotina de dispensação adotada, eliminam-se as perdas que aconteciam, garantindo assim uma assistência farmacêutica mais completa para o paciente”, frisou Álisson, referindo-se ao sistema de distribuição individualizado.

A adoção do método de “tripla checagem”, evita desperdícios. Nele as medicações e materiais são entregues para o setor, ao fim de cada plantão é feita a coleta do material remanescente (aquele que não foi utilizado), e este é reintegrado a farmácia.

 

Divulgação/ABC

Estoque comprado vai abastecer farmácia da Santa Casa por 30 dias

Em abril deste ano, houve reajuste nos valores dos medicamentos e produtos farmacêuticos. O aumento trouxe impacto significante para a saúde pública do Brasil, que já vive na "UTI" há anos pela insuficiência financeira.

 

Repasses

A Junta Interventora vem buscando maiores repasses dos Governos do Estado e Federal, para que não haja escassez grave no setor. Atualmente as compras de medicamentos, são possíveis graças ao aumento do repasse do município de Ladário e aos aditivos de Corumbá.

O município  destina hoje R$ 550 mil mensais e a previsão é aumentar para R$ 750 mil/mês. Já o município de Ladário, cuja participação  firmada em acordo, era de R$ 20 mil, passou a partir do mês de abril a repassar R$ 80 mil mensais.

Mensalmente, a Santa Casa fecha as contas no negativo porque os recursos são insuficientes para cobrir a demanda. Para que os serviços não sejam interrompidos, é preciso que a Prefeitura de Corumbá faça aditivos.

A Associação Beneficente de Corumbá é a única que oferta serviços de saúde pelo SUS na região do Pantanal e atende a quatro municípios, sendo dois bolivianos.  Com informações da assessoria de comunicação da Associação Beneficente Corumbaense.

Deixe seu comentário
Comentário padrão, código aqui

Grupo Pantanal de Comunicação - Corumbá - MS