Notícia
POLICIA
Bandidos morrem em tentativa de sequestro frustrada pelo Choque
31/07/2019

Fonte: Correio do Estado

Dois bandidos morreram e outros dois foram presos em tentativa de sequestro de uma advogada de 30 anos na noite de terça-feira (30), na porta de um restaurante na região central de Campo Grande, frustrada pela ação de policiais do Batalhão de Choque (tropa de elite da PM).

O caso ocorreu por volta das 23h, segundo a PM. O marido da vítima, um médico, foi quem suspeitou do crime e acionou a corporação pelo telefone 190. Ele contou que tinha combinado da mulher ir buscá-lo e, diante do atraso no horário marcado, tentou em vão ligar para o seu telefone celular, que estava desligado.

Com as informações em mãos, incluindo detalhes do Toyota RAV4 branco da advogada, carro de luxo cujo valor pode chegar a R$ 150 mil, equipes do Choque localizaram o veículo na esquina das avenidas Duque de Caxias com Brasil Central, no bairro Santo Antônio, na região norte, distante quase sete quilômetros do local da abordagem.

Dentro do veículo, dois acusados, de 30 e 23 anos. Aos PMs, a dupla disse que ganharia R$ 3 mil para levar o Toyota até Corumbá. Foram além e revelaram que a advogada estava em um cativeiro no Indubrasil, zona iundustrial da Capial na região oeste.

Já era madrugada quando o Choque chegou ao endereço fornecido, a mais de 15 quilômetros de distância do restaurante. De longe, os policiais escutaram pela advogada gritando socorro. Quando chegaram ao local onde a vítima estava, uma mulher saiu correndo e um indivíduo efetuou dois tiros contra a equipe.

Durante a ação, os policiais vizualizaram os dois acusados que portavam armas. Houve troca de tiros e os bandidos foram atingidos. Como ainda estavam com sinais vitais, foram levados à Unidade de Pronto Atendimento do bairro Santa Mônica, um bairro vizinho, onde não resistiram aos ferimentos.

Na Depac do Centro, onde o caso foi registrado, a advogada informou que os dois homens que estavam no cárcere com ela foram os que realizaram o roubo. Eles não haviam sido identificados até a publicação desta reportagem. Durante o caminho até o cativeiro, um dos acusados que estavam com o veículo embarcou.

A dupla é conhecida da polícia da Capital, principalmente o suspeito de 30 anos, que estava com pedido de prisão em aberto pela Justiça e já fora detido anteriormente por crimes como roubo.

 

Deixe seu comentário
Comentário padrão, código aqui

Grupo Pantanal de Comunicação - Corumbá - MS